domingo, 13 de março de 2011

Sobreviver... ( Luto )




Sobreviver...

Há momentos que esquecer
É a única forma de sobreviver.
Os que foram são lembranças
E vem a dor...
São muitos os que me deixaram
E somente os sei em fotos amarelas
E objetos que os dizem.
Desfilam em minha memória
Os que abandonaram esse mundo.
E sofro a solidão dos que ficaram.
São muitos os sorrisos
Que não vejo.
Quem contará suas audicéias?
Um dia também eu serei lenda de alguém
Amarelado em retrato na parede.
O tempo é meu carrasco.
Esquecer a dor
É a única forma de sobreviver...

Meu pai morreu...
Minha mãe morreu...
Vó Mocinha morreu...
Vó Maximina morreu...
Meu sogro morreu...
Morreu Tio Artur
Tia Emília...
Luizinha...
Cristiane...
Nésio morreu...
Aloísio, meu irmão morreu...
Tia Arlete...
Tio Wilson...
Madalena morreu...
Tio Arnaldo...
Tio Maneca...
Geralda morreu...
Bonfim...
Tio Simões ...
Zezão morreu...
Tia Joaquina morreu...
Tio Petronio...
Rodrigo morreu...

E tantos outros...
Hoje minha tia e madrinha Maria morreu...

E um pouco de mim
Com todos eles...

- Posted using BlogPress from my iPad
(Claudia Lins)