quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Viver...




“O importante é querer estar junto,
 querer não desistir.
 Ninguém tem a obrigação de saber o que a gente pensa. 
O que as pessoas devem 
é respeitar o que pensamos, isso sim. 
E entenda: ninguém vai pensar como você 
porque ninguém sente como você. 
Não queira colocar uma fita métrica imaginária 
no coração do outro e medir vamos-ver-quem-ama-mais.
O amor não tem medidas, números, 
não cabe na balança. 
Cada um tem seu jeito, sua forma, sua personalidade. 
A gente tem que aceitar.
Não só o outro, mas a gente mesmo.
E viver.

Nenhum comentário: